quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Manipulações...

Quem acha que os miúdos não nos sabem manipular, está muito enganado. 
A minha J. é perita nas suas tentativas de me dar a volta e não desiste facilmente. Ontem quando a coloquei sentada e quieta de castigo para que a birra terminasse, ela jogou a sua cartada. De lágrimas imensas nos olhos, sabendo da proximidade dos avós e ansiando pelo seu apoio, chorou sentida: "Eu só quero que alguém seja meu amigo". A risada foi contida e expliquei-lhe que somos amigos dela, mas que quando ela se porta mal tem de ficar de castigo. Vendo que nenhum dos avós veio em seu socorro e que prevaleceu a palavra da mãe, limpou as lágrimas, informou que a birra estava terminada e acabou por se portar bem ao jantar.
A tragédia da falta de amizades durou menos de 5m.

Sem comentários:

Enviar um comentário