sexta-feira, 7 de setembro de 2012

L. a peste doce nº 2

Pois é verdade, depois de muitas ameaças, a L. ainda não nasceu. Amanhã são 39 semanas e as contracções acalmaram. Ela continua a pontapear-me frequentemente e intensamente, mas sinal de querer vir a este mundo, nada.
Decerto não lhe apetece ouvir o Primeiro Ministro, tal como a mim, mas já fazia o favor de vir a este Mundo, que eu sei cada vez mais cinzento, para o colorir um pouco mais.
Ontem andei no paredão, fui ao Guincho, andei à noite e o resultado foi uma das noites mais calmas e serenas dos últimos dois meses e meio :)
A L. tem-me ensinado que nada se planeia. Vive-se um dia de cada vez e tudo muda num segundo. Não é que eu já não soubesse, mas ela tem-se certificado que eu não esqueça a lição daqui para a frente.
Prova disso é mais esta espera para a ter nos nossos braços. Estamos ansiosos para a ver. Confesso que não estou ansiosa pela falta de dormir que se avizinha, mas super ansiosa por a ver crescer ao lado da irmã, que tanto a "adivinhou" e tanto cresce dia após dia. Não vejo a hora de ver um dos meus sonhos realizados e ter as minhas filhas lado a lado.
Uma coisa é certa. Já tenho duas pestes.

Sem comentários:

Enviar um comentário