quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Quando for "grande"...

... quero ser como a minha Joana.
À medida que crescemos somos formatados e perdemos aquilo que no fundo acabamos por mais admirar nas crianças: a pureza e a inocência.
Recordo-me de várias vezes me criticarem por já ter idade para ter juízo, mas gostar de rir e "palhaçar" como uma criança. Foi algo que sempre quis cultivar em mim. Depois disto que agora nos aconteceu, e tendo a Joana como exemplo, quero cultivar isso ainda mais.
Sem invocar desgraças ela assumiu a falta da irmã e as saudades que tem. Mas em vez de as expressar em lamurias e queixumes tão típicos dos adultos, pede-nos coisas simples como olhar para o céu. Mesmo enevoado ela "fala" com a irmã.
Hoje à noite no carro e com o céu mais limpo, algumas estrelas estavam visíveis. Sem que lhe chamássemos à atenção, ela fê-lo por nós e gritou: "Está ali a Leonor". Dissemos que sim, sem esticar conversa receosos que alguma pergunta surgisse e ficássemos sem resposta.
A verdade é que a resposta de que não era necessário recearmos o que quer que seja veio minutos depois, quando após tocar na sua harmónica, a Joana olhou pela janela do carro e disse:
- Leonor, esta música é para ti.
Disfarçámos a emoção inevitável e a Joana decidiu dar-nos mais uma lição:
- A mana já não volta pois não, mãe?
Engoli em seco com medo da reacção e respondi que não. A Joana olhou para mim sorriu e de imediato voltou o seu olhar para o céu. Com o seu sorriso cúmplice e com a malandrice habitual disse:
- Ouviste Leonor?!
Fiquei expectante.
A Joana olhou para mim e sorriu-me marota.
Naquele momento ambas selámos as saudades que temos da nossa Leonor, com a certeza de que não a voltaremos a ver, mas que a temos no momento em que decidirmos olhar para o céu.

5 comentários:

  1. Fizeste-me chorar com esta história... beijinhos ás minhas loiras lindas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim também... Mas nao ha duvida que a Joana e uma menina muito especial, com muito a ensinar aos "crescidos".

      Eliminar
  2. Chorona aqui também :) a tua Joana é maravilhosa! E a tua Leonor uma estrela tão brilhante*

    ResponderEliminar
  3. Uma lagrima caiu ao ler o teu texto.

    Sim, a Leonor ouvirá sempre a musica da Joana, e vocês terão assim, as duas sempre presentes.
    Os anjos tambem ouvem !.

    ResponderEliminar