quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

20 anos...

... da TVI, aos quais não consigo passar indiferente.
Porquê?
Porque a TVI nasceu quando eu terminava o liceu e queria ser jornalista. Porque foi na TVI que eu estagiei depois do meu curso de jornalismo. Porque foi para a TVI que trabalhei nos últimos 9 anos a escrever histórias e a inventar personagens.
Porque foi na TVI que conheci a amiga que me levou ao amor da minha vida. Ao pai das minhas filhas. Ao homem, só com quem poderia estar a viver esta perda.
Ao ver o que no Mundo aconteceu e mudou em 20 anos, percebi o quanto vivi e o quanto cresci. Na correria do dia-a-dia, esquecemo-nos de tantas e outras coisas, que acabam por ficar gravadas na História do país e das gentes.
Ao ver o que o Mundo e Portugal viveram nestes 20 anos, ganhei consciência dos meus cabelos brancos, que já teimam em aparecer e, de que deixei de ser aquela menina com o sonho de mudar o Mundo através da escrita.
Conheci a redacção da TVI e conheço bem de perto a ficção. Tenho amigos e conhecidos de ambos os lados. E posso afirmar, sem dúvida, que a TVI é uma casa feita, com muito boa vontade, com amor ao que se faz, por quem consegue fazer omoletes sem ovos. Os mesmos, que no dia em que a crise financeira deixar de ser desculpa e/ou causa (consoante a situação) tenham o devido reconhecimento.
Este post é para aqueles (que eu e eles sabemos) estão verdadeiramente de parabéns.
O meu desejo para os próximos 20 anos na televisão em Portugal? Que aprendamos a fazer mais e melhor televisão. Com mais imaginação, ousadia, risco. Deixando de multiplicar os formatos em mais vezes, dos que as porções do pão de Jesus aos apóstolos na última ceia. Que a falta de dinheiro deixe de ser desculpa. Que mais do que nunca as coisas sejam feitas de mente e alma aberta. Que se ouse rasgar mais do que uma mira televisiva. Que se ouse fazer história, sem nos contentarmos com pouco.

2 comentários:

  1. Gostei!! que engraçado estares por dentro desse mundo... Bjinho

    ResponderEliminar
  2. Na mouche, minha amiga! Um obrigado a ti também. Beijinhos

    ResponderEliminar