domingo, 5 de maio de 2013

Dia da Mãe

Hoje e todos os dias. Hoje mais porque paramos e dedicamo-nos mais. As crianças vivem-nos mais.
Este dia da mãe foi dificil. Mas podia ser pior. A Joana iluminou-me desde que abriu os olhos e logo perguntou se hoje já era dia da mãe. Há três dias que perguntava. Correu a dar o presente à vóvóta e depois vieram os meus. O da escola de encher o coração de ternura e os mimos comprados com ajuda da vóvota. Mais ternura. Sorrimos e ficámos felizes.
Mas esta felicidade é estranha. Incompleta.
Hoje o dia não mudou o que sinto. Sou uma mãe incompleta. Já não vou saber as maravilhas de ser mãe duas vezes. Falta a minha pirralhinha. Falta uma parte de mim. Não me consigo sentir uma mãe completa. Talvez com o tempo amenize.
Fui mimada pela Joana que prometeu não fazer birras durante o dia e quase que cumpriu com a promessa.
Amo ser mãe, até quando estou a arrancar cabelos. Amo ser mãe da Joana e amava ser mãe da Leonor. Penso sempre como posso ser melhor mãe da Joana e se poderia ter sido melhor mãe da Leonor.
Ser mãe é ser tudo.
Ser mãe é dar de mão beijada o nosso coração que seguirá sempre com os nossos filhos.

Ser mãe é amar sem cobrar.
Ser mãe é estar sempre lá.
Ser mãe é arranjar paciência onde ela não existe.
Ser mãe é amarmos mais os nossos filhos e a nós. Porque senão nos sabemos amar como vamos amar o que de mais nosso temos?
Sempre quis ser mãe e depois de o ser pela primeira vez ainda quis mais sê-lo. Quis o destino que o fosse apenas por quase 4 meses.
Voltei a ser só mãe da Joana. Uma bebé que agora já é menina. Uma mistura fantástica da mãe e do pai. Uma peste doce como lhe chamo desde sempre e que hoje me fez sentir que é feliz por eu ser sua mãe. 
Obrigada Joana e Leonor por terem feito de mim vossa mãe.


4 comentários:

  1. O teu coração é muito grande, não digas por favor "Já não vou saber as maravilhas de ser mãe duas vezes", não digas, porque saberás para sempre, a querida Leonor lembrar-te-á sempre! A vida é uma surpresa tão grande Irina, tão boa, tão triste por vezes, mas sempre sempre mágica! Olha só os olhos da tua Joana! Enquanto brilhares por lá serás sempre a melhor mãe! Feliz dia da mãe!

    ResponderEliminar
  2. Beijinho Irina <3
    És linda e isso sempre serás.

    ResponderEliminar