sábado, 14 de setembro de 2013

As lindas palavras da avó das minhas filhas. Reais e sentidas por todos nós

"O tempo é uma coisa estranha...é elástico...ora é muito longo ora se torna no "ontem", e temos que aprender a gerir a tristeza, a raiva, a saudade, quase diariamente, um exercício contínuo, as tarefas do dia a dia ajudam a ter a mente ocupada, afastada da constante presença mas para empre ausente dos que partiram prematura e inesperadamente. Hoje o tempo é "hoje", foi hoje que há um ano nascia a minha 2ª neta, a nossa Ninô, faria um ano de vida, linda...um maldito virus roubou-a de nós,com apenas 4 meses de vida... 4 meses fantásticos, porquê??? Não somos os únicos, calhou-nos a nós, aprendo como Tempo, e a olhar para a outra neta, que enche a casa de alegria, e atiro a saudade, raiva, a tristeza, para uma gaveta na cabeça, e deixo o tempo fazer o seu trabalho, hoje ele encolheu...hoje é o dia, da nossa estrelinha esteja onde estiver...como disse alguém.."os anjos não envelhecem".....estão sempre lá....e ela está sempre connosco sorrindo..."

Sem comentários:

Enviar um comentário