quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Nota da vida para a vida

Perder um filho é uma dor sem igual. Um vazio inacábavel. Por isso mesmo, há que viver e fazer com que cada dia seja especial. Sorrir. Fazer da dor da memória o combustivel para alegrar e viver intensamente dia a dia.  Porque isso, mais do que chorar ou ficar triste, é a melhor maneira de homenagear e lembrar quem partiu.
Por ti, Leonor, o meu sorriso, mesmo quando a saudade aperta. 

1 comentário: