quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Um filme com uma história triste não tem de ser necessáriamente triste

"The fault in our stars" é isso mesmo. Um romance vivido sob o véu negro de uma doença, mas que nos enternece, nos aquece o coração e nos faz pensar na simplicidade da vida e no quanto não a podemos desperdiçar.
Tornou-se num dos meus filmes de eleição.


Sem comentários:

Enviar um comentário